quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Um Conto !


                                                UMA FLOR NA BEIRA DA ESTRADA

Lá estava Cris, andando em uma estrada e não via nada e nem ninguém, sua alma estava chorando, seu olhar triste a passos lentos e sem rumo.
Apesar do frio que doía a pele, havia uma poeira vermelha que muitas vezes o vento soprava e ela subia do chão espalhando pelo ar, e é claro que cobria também seu corpo e seus cabelos.  Não se vendo nada, ao seu redor, Cris continuava andando sem rumo, porém na mesma estrada.

 Em meio à caminhada, ela mesmo sem querer dá uma olhada em um barranco e avista uma flor, uma flor tão bela, que enche seus olhos de alegria , mesmo sem ela perceber, e naquele momento a tristeza parece ter cansado de seguir aquele coração, e resolve seguir outro rumo.

Cris já com um sorriso no olhar, vai rumo aquela flor com intuito de pega-lá ,mas imagina! o sol esta tão quente que se eu á pegar ela vai murchar em muito pouco tempo. Decide então seguir seu caminho deixando a flor em seu lugar,e a natureza parece agradecer aquela atitude, e uma nuvem cobre o sol, dando um ar de frescor e aliviando até o cansaço de seu corpo, a jovem Cris começa a se lembrar o porque de sua tristeza, e percebe que o motivo já nem tem tanto motivo assim de ser.

Com este pensamento,ela começa a ver que a vida vale mais que qualquer tristeza que agente queria colocar em nossa vida.
Neste momento a vida lhe presenteia com mais uma oportunidade de vida e paz!

Ela fita o olhar no horizonte e vê uma linda cachoeira ,em um pequeno morro,com o olhar fixo, ela decide ir até lá, caminha por mais alguns longos passos e logo se aproxima, já sentindo o cheiro daquela água, sente também seu frescor, ela fecha os olhos e começa a sentir o clima de natureza dando lhe muita paz.

Passando pelos capins e tendo que afastar algumas pequenas galhas de mato para chegar ao seu objetivo, a cachoeira, ela pisa em algo estranho e quando olha, havia pisado em um sapo, que assustado sai pulando, ela sorri e pensa em voz alta,coitado,ele esta aqui em paz,em seu habitat natural,sozinho e vem eu sabe se lá de onde perturbar sua paz e seu sossego, e completa a frase ,pedindo lhe desculpa. Só que envolvida com aquele ser vivente, ela esquece de olha a frente, e já chegou na beira da cachoeira, com o calor e a poeira que enfrentou naquela estrada ,sentiu uma grande necessidade de tomar um belo banho naquelas límpidas águas, e entra debaixo daquela pequena queda de água com roupa e tudo, ainda bem, porque ela nem percebeu mas ali, a poucos passos, tinha um morador!

O qual ela só percebeu após sentir frio e sair debaixo da água, estava tremula, e pensou novamente em voz alta, ai eu precisava de algo para me aquecer, poderia ser algo para me embrulhar, uma flecha de sol, mas o bom mesmo seria um chá quente!  

Naquele momento ouve uma voz firme, que diz: Vamos tomar, acabei de fazer, ela quase caí de susto! como iria imaginar que encontraria alguém naquele lugar, olha para trás e vê um jovem alto, magro de cabelos pretos,grande e amarrados, e naquele momento percebe que tem uma linda casinha de madeiras roliças, com uma varanda e um fogão a lenha,cujo calorzinho era convidativo. Mas ela ainda muito assustada e tremula não se sabia mais se pelo frio ou pelo susto. Sem saber o dizer para aquele moço, só disse você me assustou, ele sorri e responde me desculpe, mas não vi outra maneira de falar com você e poder te ajudar a pelo menos aquecer e quem sabe te alimentar, deve estar com fome, afinal eu conheço bem esta longa estrada, foi como você, que cheguei até aqui.
E também tive a sorte de ser recebido por um senhor que há muitos anos iguais, eu e você  aqui também chegou e foi recebido por uma jovem que lhe acolheu. Cris achou muito mistério, mas sem oura opção só lhe restava aceitar o chá e o acolhimento. 

Conta se, que aquele casal vivem lá a muitos anos, e que hoje lá vive também muitos outros jovens, que como eles sofrem alguma decepção  na vida e que a tristeza ao invadir suas almas, e é direcionado para aquela estrada e que aquela linda flor encontra na beira da estrada, é também direcionado para aquela cachoeira e lá se junta com aquelas outras pessoas e lá seguem o circulo de suas vidas sem sair do lugar.
Vivendo no meio do nada, pois quem sai sem rumo, chega a lugar nenhum, e passa a viver sem destino e sem perspectiva, sem tristeza e sem motivos para buscar a alegria de viver, apenas se vive não se sabe se de mistério ou nos mistério daquele lugar.

Ironita Mota



segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

http://gaeb.loja2.com.br/




Clik aqui e dá uma olhadinha nos livros dos escritores do grupo GAEB ,acredito que você vai encontrar um bom livro que vai te interessar!
COMPARTILHE e ajude a divulgar nossa livraria e os escritores brasileiros.

http://gaeb.loja2.com.br/

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Escritora Luciane Melo fazendo o maior sucesso em meio as crianças.

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo

http://gaeb.loja2.com.br/

http://gaeb.loja2.com.br/











Ações dos escritores do grupo GAEB.
























CONTO

 Um dia Diferente. 

Comecei o dia como de costume indo na padaria comprar o pão, chegar e preparar o café da manhã e ir pra escola. Só que enquanto eu me arrumava , o telefone tocou, era minha amiga e vizinha, a Suelen, me perguntando se poderia ir comigo pra escola, respondi que sim e ficamos aguardando sua chegada, esperamos uns vinte e cinco minuto e ela não chegou, liguei e sua mãe atendeu e me disse que ela já havia saído, esperamos mais um pouco e nada dela chegar,liguei novamente  e aí sim sua mãe já ficou preocupada, naquele momento já  nem importava  mais se estávamos atrasadas. Dona cia vei muito rápido a nossa casa, as quais já estávamos na varando esperando para saber o que havia acontecido,o que de nada adiantou, ela  também  não sabia e já estava desesperada tentamos manter a calma e ir até a escola,o que também sabíamos que não adiantaria, ela não teria ido,visto que iria com agente.  Na escola também começou o desespero, e todos começamos a procurar por Suelen, fomos até a delegacia fizemos todos os procedimentos necessários e eles  também começaram a procura.Mas nos também procuramos incansavelmente o dia todo, e assim todos os amigos, familiares e visinhos   fizeram, já ao anoitecer e sem sabermos que rumo tomar,voltamos pra casa, todos muito triste,sua mãe já  nem parava mais de pé, sua  dor e  cansaço a desmaiou! A socorremos e as buscas segui, eu  fiquei em casa com meu irmãozinho, afinal alguém precisava cuidar dele, ele só tinha  três aninhos. Estou lá preparando o jantar para o Gustavo quando o telefone toca, era ela, a Suelen chorando muito e pedindo que a buscasse em um setor nobre da cidade, deixei tudo e fui tentar falar com sua família, as quais ninguém atendia o telefone. Eles estavam andando de um lado para outro  na tentativa de encontrar ela  nas ruas. Não tive idéia em ligar pra policia e avisar, tinha preça, só peguei meu irmão e saí,logo na rua  peguei um taxi e fui no endereço que ela me passou, chegando ao local, ela estava sentada e rodeada por pessoas que a consolava, e que também viram quando um carro com dois  homens ali a deixaram, e ao sair ainda a empurraram  pra fora do carro, e ao cair acabou se machucando fisicamente, por que seu estado emocional estava  muito ferido. Sei que já sabem o que aconteceu com minha amiga, ela sofreu um destes tais de sequestro relâmpagos, acharam que ela tinha dinheiro ou conta em banco, pois apesar dela ter só quatorze anos, era grande e muito bonita, por isto imaginaram que já trabalhava conta,torturaram ela o dia todo,e quando viram que realmente  ela não tinha nada a soltaram na rua bem longe de sua casa pra não serem reconhecidos. Graças a Deus nada aconteceu a ela, a não ser o trauma que ficou para sempre em sua vida. Hoje em nossa rua agente anda sempre juntos  e com muita atenção,se agente vê um carro ou moto,esperamos que passe,ou seja andamos sempre atentos.Agora me diga será que é esta vida que nos jovens do bem merecemos ter? Não temos o prazer de ficar sentados na praça conversando como agente ouve os mais velhos contar que faziam; nos estamos presos e nada fizemos, agente só queria ter o direito de ir pelo menos na casa da amiga, ir  até a pracinha no final da tarde,ir ao mercado,falar ao celular e nada disto podemos fazer e se agente ainda se formar em medicina ainda temos salvar as vidas destas pessoas do mal. Pessoas que eu acho que não tem  família,que não  ama ninguém,só pensa ter dinheiro sem ter que trabalhar, sem perder tempo nos bancos de escolas, mas será que são felizes! Eu não acredito, vivem fugindo e com medo, e por medo nos faz tanto medo. Pessoas vai aqui meu recadinho, deixe esta vida, vamos ser felizes, andar todos juntos, vamos ser todos amigos e pode andar livremente pra lá e pra cá, vamos ser um só povo e poder cantar e  brincar, e no futuro  ter lindas histórias para nossos filhos e netos poder contar! 
Eu sou a Ana Paula, amiga da Suelen, da Laura, do Augusto e de muitos outros que, só querem estudar, trabalhar, construir uma família, ser feliz e deixar para as futuras gerações um mundo melhor pra se viver.  
Ironita Mota 
Estou aqui representado os jovens do bem.

domingo, 6 de novembro de 2016

OS PAPAGAIOS E AS FRUTAS, Programa incentive a leitura e a preservação da natureza.

EM UMA FAZENDA DISTANTE...
VIVIA  UNS PAPAGAIOS ... FELIZES!




Resultado de imagem para papagaios      

         COMENDO UMA PITANGA AQUI

                         pitanga:

                UM PEQUI ALI

Resultado de imagem para pequi no pé













UMA MAMA-CADELA  LÁ

Mama Cadela. Frutas do Cerrado.:

E ATÉ UMA GOIABA  NO  PASTO DAVA PRA SABOREAR


Resultado de imagem para papagaio comendo goiaba no pé
DIRREPENTE ! 
ELES COMEÇARAM A VOAR ... E VOAR  E NADA PRA COMER ENCONTRAR....


Resultado de imagem para papagaios
FORAM FICANDO TRISTINHOS.... E SEM SABER O QUE FAZER! 
COMEÇARAM  A VISITAR OS QUINTAIS PRA DAS FRUTAS  QUE OS   HUMANOS  PLANTAVAM  SE ALIMENTAR. 


Resultado de imagem para papagaios COMENDO MANGA E MAMÃO
MAS SERÁ QUE É ISTO QUE ELES QUEREM?
O QUE PODEMOS FAZER PRA ISTO MUDAR?
EU JÁ SEI... E VOU A VOCÊS CONTAR,ISTO PARA QUE JUNTOS   PODEMOS  COM ELES  COLABORAR... 
VAMOS  PRESERVAR A  NATUREZA E  OUTROS PÉS DE FRUTAS PLANTAR! 

Resultado de imagem para papagaios VOANDO
Resultado de imagem para papagaios VOANDO

E ASSIM CONTINUARMOS A VER OS PAPAGAIOS  VOANDO FELIZES PARA S SEUS DO BRASIL ENFEITAR!


Ironita Mota
eu amo a natura  as frutas e os pássaros.