terça-feira, 23 de junho de 2015

Retrato de Maria e outras mulheres - Livraria GAEB_Grupo De Escritores Brasileiros.

Retrato de Maria e outras mulheres - Livraria GAEB_Grupo De Escritores Brasileiros.

Retrato de Maria e outras mulheres

Meninos Perdidos - Livraria GAEB_Grupo De Escritores Brasileiros.

Meninos Perdidos - Livraria GAEB_Grupo De Escritores Brasileiros.



Meninos Perdidos

Meninos Perdidos - Livraria GAEB_Grupo De Escritores Brasileiros.

Meninos Perdidos - Livraria GAEB_Grupo De Escritores Brasileiros.

Sinceramente - Livraria GAEB_Grupo De Escritores Brasileiros.

Sinceramente - Livraria GAEB_Grupo De Escritores Brasileiros.

Sinceramente

Sinceramente é um livro de crônica que situa entre a a de impressão e a crônica de opinião. Ou seja, no meso texto, de forma orgânica e criativa, consegue expressar a sua impressão da coisas e emitir suas opiniões. São crônicas muito bem sintonizadas com o nosso tempo.Sinceramente realmente é um livro que dá prazer em ler, cada crônica te leva a novas emoções.

domingo, 21 de junho de 2015

Shalinha_ a bonequinha de pano - Livraria GAEB_Grupo De Escritores Brasileiros.

Shalinha_ a bonequinha de pano - Livraria GAEB_Grupo De Escritores Brasileiros.

SHALINHA – É uma linda bonequinha, feita pela vovó de aninha para netinha brincar, Foi feito com tanto carinho que aprendeu a andar, falar, brincar e até a cantar.....Mas Aninha e uma menina inteligente e obediente, só leva Shalinha para escola no dia certo e só brinca com ela no recreio.
É um livro que toda criança gosta, e as meninas amam, quando elas abrem o livros seus olhinhos brilham. 
Hoje tem a bonequinha que acompanha, caso queiram













terça-feira, 16 de junho de 2015

Arca de Noé - Livraria GAEB_Grupo De Escritores Brasileiros.

Arca de Noé - Livraria GAEB_Grupo De Escritores Brasileiros.

Arca de Noé

ARCA DE NOÉ : Livro vencedor do concurso “Bolsa de Publicações João Luiz de Oliveira” – edição 2013, na categoria Poesia. Diante da velocidade vertiginosa que os hábitos, os costumes, a cultura existencial vem se modificando, evoluindo, adaptando ao novo modelo padrão, que, como um dilúvio, vem destruindo e apagando todos os vestígios de nosso até recente passado. O autor preocupado com o desaparecimento do belo, imaginou um “livro-arca”, onde pudesse salvar algumas espécies literárias de poesias, para servirem de referência no “novo” amanhã. Conheça você também essa Nova Arca de Noé...

Amor, Indeciso Amor - Livraria GAEB_Grupo De Escritores Brasileiros.

Amor, Indeciso Amor - Livraria GAEB_Grupo De Escritores Brasileiros.

Amor, Indeciso Amor

SERIA O AMOR CAPAZ DE RESOLVER AS DÚVIDAS DE UM HOMEM!


Quando Victoria leu o anuncio que dizia precisarem de uma modelo sem experiência, acreditou que estava ali sua chance de ter um trabalho temporário. O que ela não podia imaginar era que se apaixonaria por seu contratante.
Ricardo era um empresário bem sucedido, de presença marcante, um ótimo candidato a marido, para qualquer mulher, porém ele não parecia estar disposto á se envolver afetivamente. Solitário e muitas vezes distante, ele tinha o poder de deixá-la trêmula, quando estavam próximos. Ela podia sentir o fogo correndo pelas veias dele, embora aquele belo homem teimasse em disfarçar e ignorar o que sentia.
Victoria conseguiria quebrar aquela parede de gelo e indecisões que ele colocara entre eles!

A história de Aninha ( que virou Cora Coralina) - Livraria GAEB_Grupo De Escritores Brasileiros.

A história de Aninha ( que virou Cora Coralina) - Livraria GAEB_Grupo De Escritores Brasileiros.



A história de Aninha ( que virou Cora Coralina)

A história de Aninha, Num ano muito distante (era 1889) Houve um dia 20 do mês de agosto quente na cidade de Goiás. Um lugarzinho escondido pela sombra da Serra Dourada. Na velha casa Á beira da ponte do rio vermelho nascia a menina chamada Aninha.....

Bangalô de Histórias - Livraria GAEB_Grupo De Escritores Brasileiros.



Bangalô de Histórias


Bangalô de Histórias - Livraria GAEB_Grupo De Escritores Brasileiros.



Bangalô de histórias é um livro cheio de estórias e poesias. São; 13 contos e 31 Poemas. Os contos são: Bangalô de Veraneio, este relata a vida de um casal de jovens que estudaram se formaram, casaram-se abriram uma empresa e foram bem sucedidos, porém veio à separação, ela pegou tudo e foi rumo a este bangalô onde sua vida realmente começa em um mundo totalmente.... Os outros são: Amor Serrano-A Menina da Gruta - A Mansão - Tanta Correria e Vida Vazia - Perdi Minha Vida - Cumplicidade Claudia-Cumplicidade à distância-Cumplicidade-Reencontro-Sonhos e Lembranças - Sonhos Perdidos-Desabafo e Pé na Estrada. As 31 poesias são escritas com vocabulário simples, por serem escritas com o coração.

Ironita Mota


    PROMOÇÃO

       SÓ 14,00 

com o frete grátis.


sábado, 13 de junho de 2015

Espaço GAEB cada dia uma conquista!

Hoje eu e o associado Gelsinio fizemos boas mudanças, ele colocou a placa e eu cuidei da decoração e organização.
Cada detalhe esta sendo feito com muito amor!
Afinal é quase só o que temos para organizar nosso espaço literário. 



























A Grande Espalhadora de Sonhos - Livraria GAEB_Grupo De Escritores Brasileiros.

A Grande Espalhadora de Sonhos - Livraria GAEB_Grupo De Escritores Brasileiros.

A Grande Espalhadora de Sonhos
  


Nasceu uma Flor falante no jardim, uma
Flor que falava com Rosa e com o Jasmim,
Uma flor com estonteante beleza.


Não sei se era cor-de-rosa, vermelha ou
Amarela, ninguém sabia que cor era ela.
Gostava do Sol e da Chuva; Pois o Sol
A deixava branca e a Chuva cor- de -uva.

Era uma flor solitária, não tinha muda e
Nem semente ela dava.

Com uma beleza estonteante, a todos ela
Encantava; todas as flores do jardim a ela
Invejava.

Mas a rosa vermelha, com toda sua beleza,
Decidiu; e foi com ela falar, tinha medo que
Aquela Bela flor tomasse seu lugar,
Já foi logo perguntando, flor falante diga-me,
De onde você é? Ela simplesmente respondeu;
Sem pensar. De todos os lugares!

A rosa continuou; o que viestes fazer aqui?
Flor falante respondeu;_ com a beleza de 
vocês compartilhar e ao mundo, enfeitar.
Com uma pitada de inveja seguiu a Rosa; 
Linda flor, como aqui chegou se não tem; muda,
 e nem semente?

Fala a linda flor, eu vim com o sentimento que:
Também, não tem raiz, brota sem semear e nem
Muda dá.

Prossegue a curiosa Rosa; então me diga, qual
É o Seu nome? Misteriosa flor;
Com um tom suave e seguro responde a falante
Flor; Meu nome é...

AMOR...
Ironita Mota